sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Sexualidade humana

 

A sexualidade humana é um tema complexo e delicado? Todo afirma que sim. Mas na verdade sexualidade humana é muito simples, nos que complicamos tudo. Veja como é simples, de tão simples é complicado de entender. Se você sente atração por pessoa do sexo oposto é hétero; se sente atração por pessoa do mesmo sexo é homo. Se você sente atração por pessoas tanto do sexo oposto quando do mesmo você é bi. Qual a dificuldade.  Que me desculpe a psicologia, e os demais estudiosos, mas eu falo aqui é da vida real, não tenho interesse de ser politicamente correto, nem amenizar nada, estou falando as verdades que estão entaladas. E me perdoem se eu errar.


Portanto, se você é homem e beija homens, transa com homens, se apaixona por homens, você é gay. Na me interessa se você só fica com homens as escondidas, não me importa se você namora a mulher mais bonita do mundo, não me interessa se você é casado com uma mulher e é pai de cinco filhos, se você é homem e sente tesão por outro homem, você é gay, ou no mínimo bissexual. Da mesma forma se você sente atração sexual por outro homem e nunca ficou com outro homem, você continua sendo gay. Não me venha fala que todo afeminado é sempre gay e todo machão é sempre hétero, comportamento não é sinônimo de orientação sexual.
Se você transa com sua mulher todo dia – ruim não será, mas sexo nem sempre realiza, no entanto sempre dar prazer – mas isso não elimina o fato que você sente tesão por outro homens. O corpo humano  é uma maquina e responde a estímulos, se um homem ou uma mulher te tocar em determinadas partes e de determinado modo você vai ficar excitado, será capaz de fazer sexo com qualquer pessoa independente do sexo ou orientação sexual dessas duas pessoa, entende?


Sendo assim, só você sabe a sua orientação sexual, só você sabe da verdade. Não a verdade que você quer acreditar ou fazer com que acreditem, mas a verdade que você sente. A única escolha que você tem é aceitar e se feliz ou ser um eterno enrustido.
Por isso, digo, sei como e difícil entender e aceitar a si mesmo, mas você precisa fazer isso, em algum momento da sua vida, não engane a si mesmo para sempre. O problema das mascaras não é o quando elas caem, mas quando ela chegam ao ponto em que você as adotou como se fosse a realidade.

 

P.S.: Esse texto originalmente não é de minha autoria. Não vou citar a fonte pq não lembro bem de onde peguei :(

O_o

Comentem…

2 comentários:

MARCOS CANAÃ disse...

kkk,legal o texto!!!!

Drigo disse...

Genial por ser simples e direto. Peca nesses mesmos pontos. Mas gostei. xD