quarta-feira, 28 de abril de 2010

O lado bom de ser Gay



sábado, 24 de abril de 2010

Livro :O Terceiro Travesseiro

O Terceiro Travesseiro, o primeiro romance de Nelson Luiz de Carvalho, é uma obra literária de ficção baseada em relatos reais de um garoto que sofreu o preconceito e a dor de um amor incompreendido pela sociedade que o rodeava. Escrito de maneira realista e contundente, falando de amor, paixão e liberdade, O Terceiro Travesseiro desafia rótulos pré-estabelecidos ao testar a livre expressão sexual de seus personagens. Com uma grande carga erótica, humanizada por fatos corriqueiros do dia-a-dia, o livro contém fortes implicações sociais ao revelar os meandros da consciência de um jovem comum da classe média paulistana perante as solicitações e apelos sexuais do mundo moderno. Em pouco tempo, graças a linguagem simples e crua, o livro tornou-se um grande best-seller, publicado pela Edições GLS. Ele prova que um livro, para ser best-seller, não precisa ter milhares de páginas.


 
 
 
Link
 
http://rapidshare.com/files/289134952/O_Terceiro_Travesseiro.doc

TheGymnast

Jane Hawkins foi uma ginasta olímpica cuja carreira foi interrompida por um acidente aos 22 anos. Nos tempos atuais, 20 anos depois, casada com David, ela resgata a sua história e dá um novo rumo à sua nova carreira junto com uma nova companheira que vai bem além do profissionalismo.












Link
http://www.megaupload.com/?d=SNY9PK3V

Gerry

A amizade entre dois rapazes de vinte e poucos anos - ambos chamados Gerry - é posta à prova quando eles decidem se aventurar por um deserto, sem água e comida.





Download do Filme:
Filme:Link Alternativo - Rapidshare

http://rapidshare.com/files/135951050/Gerry_2002.avi.001
http://rapidshare.com/files/135951117/Gerry_2002.avi.002
http://rapidshare.com/files/135950996/Gerry_2002.avi.003
http://rapidshare.com/files/135950998/Gerry_2002.avi.004
http://rapidshare.com/files/135951089/Gerry_2002.avi.005
http://rapidshare.com/files/136007514/Gerry_2002.avi.006
http://rapidshare.com/files/135967992/Gerry_2002.avi.007
Legenda : Aqui
Trailer:

Carícies

Na Espanha do final do milênio, uma série de encontros e desencontros entre personagens comuns de uma grande cidade, todos igualmente carentes e dominados por uma terrível dificuldade de se comunicar com aqueles que amam.














Link


Torrent>> AQui
Legenda PT/BR - http://rapidshare.com/files/353419792/Car_cias_1998.srt

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Professor Godoy

Godoy é um severo professor de matemática que se vê numa situação difícil quando percebe que Felipe, um de seus alunos, começa um instigante jogo de sedução. Perturbado pelas provocações, ele tem de decidir se cede aos desejos ou mantém a ética da profissão.















Link

The Big Gay Musical

  O multi talentoso Fred M. Caruso, traz a hilária estória de backstage do mundo dos musicais com dramas, romance, religiosidade, pecado, saída do armário e até anjos e Deus são colocado no enredo. A arte imita a vida e Eddie e Paul (Adam e Steven) são gays e buscam o amor. Em meio a conflitos pessoais, Eddie sai do armário e enfrenta o ódio de sua família, enquanto Paul é mais descolado. Até que depois de terapias de conversão, retiros espirituais, situações hilárias, eles decidem que é preciso aceitar o que Deus criou.









Link
 

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Soundless Wind Chime

Soundless Wind Chime” gira em torno de um novo imigrante de Pequim em Hong Kong, Ricky (Lu Yu Lai), que trabalha como entregador, enquanto vive com sua tia prostituta (Wella Zhang). Ele é assaltado por um ladrão suíço, Pascal (Bernhard Bulling) que está em um relacionamento abusivo com o seu namorado vigarista (Hannes Lindenblatt). Decidido a deixá-lo, Pascal tem um encontro casual com Ricky e os dois começam um relacionamento romântico. O casal luta ao longo dos revezes da vida, que os forçam a determinar se seu relacionamento está baseado no amor ou dependência um do outro. Vários anos depois, Ricky pesquisa na Suíça para detectar sinais de Pascal, para eventualmente, encontrar Ueli (também interpretada por Bulling), dono de uma loja de antiguidades, tímido, que parece o mesmo que Pascal, mas que tem uma personalidade muito diferente. Como Ricky e Ueli aprofundam seu relacionamento, a verdade de Pascal e do relacionamento de Ricky é desvendada conforme o filme avança através de vislumbres do presente e do passado.



Link

http://rapidshare.com/files/361752079/CTG2009.SOUNDLESS.WIND.CHIME.part1.rar
http://rapidshare.com/files/361751926/CTG2009.SOUNDLESS.WIND.CHIME.part2.rar
http://rapidshare.com/files/361764863/CTG2009.SOUNDLESS.WIND.CHIME.part3.rar
http://rapidshare.com/files/361764650/CTG2009.SOUNDLESS.WIND.CHIME.part4.rar
http://rapidshare.com/files/361778799/CTG2009.SOUNDLESS.WIND.CHIME.part5.rar
http://rapidshare.com/files/361778506/CTG2009.SOUNDLESS.WIND.CHIME.part6.rar

Legenda Pt
http://www.podnapisi.net/ppodnapisi/podnapis/i/739446

Drôle de Félix

Os diretores deste filme francês, Olivier Ducastel e Jacques Martineau, vivem juntos na vida real e resolveram trabalhar em parceria também. O filme conta a história de Félix, interpretado por Sami Bouajila, um homem de bem com a vida que tem um relacionamento estável e parece não se abalar com nada. Ao saber que contraiu o HIV, decide fazer algo diferente: sai em busca do pai, que ele não conhece. E é nessa caminhada, do norte ao sul da França, que ele vai encontrando novos personagens do cotidiano, formando uma verdadeira família em sua vida. Felix não se preocupa em acelerar a viagem, ao contrário, fica admirando as belezas e peculiaridades de cada cidadezinha que vai encontrando no caminho. Prefere as rotas secundárias e uma viagem longa.


 
 
 
 
Link
 
http://rapidshare.com/files/377038523/DroleDeFelix.avi.001


http://rapidshare.com/files/377047016/DroleDeFelix.avi.002

http://rapidshare.com/files/377107561/DroleDeFelix.avi.003

http://rapidshare.com/files/377116365/DroleDeFelix.avi.004

http://rapidshare.com/files/377221198/DroleDeFelix.avi.005

http://rapidshare.com/files/377199031/DroleDeFelix.avi.006

http://rapidshare.com/files/377206830/DroleDeFelix.avi.007

http://www.megaupload.com/?d=REXIU3TP

LEGENDAS

http://rapidshare.com/files/377049217/DroleDeFelix_en.srt ( Inglês)

http://rapidshare.com/files/377049218/DroleDeFelix_es.srt ( espanhol )



Unir / Join:

http://www.jaist.ac.jp/~hoangle/filesj/

And, There You Are

Um empresário de sucesso encontra dificuldade em encontrar o homem dos seus sonhos pelo fato de só cruzar com homens heterossexuais ou casados.




 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Link


http://rapidshare.com/files/372725821/And__There_You_Are_2007.avi.001


http://rapidshare.com/files/372743599/And__There_You_Are_2007.avi.002

http://rapidshare.com/files/372761662/And__There_You_Are_2007.avi.003

http://rapidshare.com/files/372776554/And__There_You_Are_2007.avi.004

http://www.megaupload.com/?d=810UWCM2

 
 Sem Legenda

Awaydays: The Real Hooligans

As palavras "gay", "futebol" e "gang" não são muitas vezes vistas na mesma frase. Mas são a premissa central de Awaydays, adaptação do romance de Kevin Sampson sobre o amor gay não correspondido e violência no futebol - uma estranha combinação que geralmente funciona. Se passa na era pós-punk inglesa e mostra um pouco sobre os mods, bootboys, boneheads, hooligans, teddy boys, discos, drogas, clubs, pubs, futebol, música, moda e a vida dos adolescentes entediados daquela época.












Link



http://rapidshare.com/files/377248814/Awaydays.avi.002

http://rapidshare.com/files/377261028/Awaydays.avi.003

http://rapidshare.com/files/377261889/Awaydays.avi.004

http://www.megaupload.com/?d=IHCNCX7Z


Legenda Pt/Br

http://rapidshare.com/files/377260723/Awaydays.srt

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O “SEGREDO DE BROKEBACK MOUNTAIN” por Arnaldo Jabor

Brokeback é um filme sobre heróis machos

Arnaldo Jabor

 

"Eu não queria ver o filme “Segredo de Brokeback Mountain”. Não queria. Ver filme de viados, eu? (Escrevo viado porque, como disse Millôr, quem escreve “veado” é viado). Muito bem; eu resistia à idéia, mais ou menos como o Larry David (o roteirista de “Seinfeld”) disse, num artigo engraçadíssimo, que tinha medo de virar gay se ficasse emocionado.
O viado sempre encarnou a ambigüidade de nossos sentimentos. Claro que, hoje, os civilizados todos dizem que “tudo bem, que são contra a homofobia” e todo o bullshit costumeiro. Eu mesmo já fiz filmes em que viados são protagonistas, em que o ator principal escolhe o homossexualismo no final (“Toda nudez será castigada”), já filmei travesti em “Eu te amo” e em “Eu sei que vou te amar”, além da biba louca do “O casamento”, em que o grande ator André Valli dá um show inesquecível. Em todos os meus filmes há uma boneca ativa e digna. E, no entanto, eu não queria ver o tal filme do Ang Lee, apelidado pelos machistas finos de “Chapada dos Viadeiros”.

Minhas razões eram mais discretas, intelectuais: “Ah... porque o Ang Lee é um cineasta mediano, ah... porque será mais um filme politicamente correto, onde o amor de dois caubóis é justificado romanticamente... Vou fazer o que no cinema? Ver mais um panfletinho que ensina que os gays devem ser compreendidos em seu ”desvio“? Não. Não vou”, pensei.
Aliás, eu sou do tempo em que os viados apanhavam na cara em plena rua. Havia pouquíssimos gays declarados no Brasil. No Rio, havia o Murilinho... cantor de fox em boates, havia o Clovis Bornay e poucos outros... O viado passava na rua sob os rosnados dos boçais prontos para lhes tirar sangue. E, no anonimato, enxameavam os pobres “pederastas”, de terno e gravata, pais de família se esgueirando nas esquinas, nas noites escuras, em busca de satisfação.

Mais tarde, com o tempo, surgiram as “bichas loucas”, que se assumiam com um toque de autoflagelação, de autoderrisão, caricaturas da mãe odiada e amada, que berravam e desfilavam nos carnavais num freje humorístico, que até hoje alimenta nossos shows na TV. A “bicha” virou uma personagem clássica do humor, como os palhaços e os bacalhaus de circo. E tudo bem... São engraçados mesmo.

Depois, com os direitos civis dos anos 60, surgiu a gay power, com homossexuais fortes e de bigode, malhados, cheios de orgulho. A viadagem virou um poder político importante, claro, mas até meio sério demais, aspirando a uma “normalidade” que contrariava sua “missão” transgressiva que tanto nos acalmava. Como disse Paulo Francis um dia, sacaneando-os: “Se esses caras querem todos os direitos e deveres dos caretas como nós, qual é então a vantagem de ser viado?”

Em suma, por mais que “aceitemos” os gays, eles sempre foram uma fonte de angústia, pois atrapalham nosso sossego, nossa identidade “clara”. O gay é duplo, é dois, o viado tem algo de centauro, de ameaçador para a unicidade do desejo. A bicha louca ou o travesti, a biba doida ou o perobo, o boy, o puto, a santa, a tia, a paca, todos eles nos tranqüilizavam com suas caricaturas auto-excludentes. Já o gay sério inquieta. O gay banqueiro, o gay de terno, o gay forte, o gay caubói são muito próximos de nós, a diferença fica mínima.

Por isso, eu não queria ver o tal filme dos caubóis. Como? Caubói de mãos dadas, dando beijos românticos, com tristes rostos diante do impossível? Não. Eu, não. Mas, aí, por falta de programa, “distraidamente”... (aí, hein, santa?...) fui ver o filme. E meu susto foi bem outro. O filme não me pedia aprovação alguma para o homossexualismo, o filme não demandava minha solidariedade. Não. Trata-se de um filme sobre o império profundo do desejo e não uma narração simpática de um amor “desviante”. O filme se impõe assustadoramente. Os dois caubóis jovens e fortes se amam com um tesão incontido e são tomados por uma paixão que poucas vezes vi num filme, hétero ou não. Foi preciso um chinês culto para fazer isso. Americano não agüentava. Nem europeu, que ia ficar filosofando. “Brokeback” é imperioso, realista, sem frescuras. Eu fiquei chocado dentro do cinema, quando os dois começam a transar subitamente, se beijando na boca com a fome ancestral vinda do fundo do corpo. O filme não demandava a minha compreensão. Eu é que tinha de pedir compreensão aos autores do filme, eu é que tive de me adaptar à enorme coragem da história, do Ang Lee. Eu é que precisava de apoio dentro do cinema, flagrado, ali, desamparado no meu machismo “tolerante”. Eu é que era o careta, eu é que era o viado no cinema, e eles, os machos corajosos, se desejando não como pederastas passivos ou ativos, mas como dois homens sólidos, belos e corajosos, entre os quais um desejo milenar explodiu. Não há no filme nada de gay, no sentido alegre, ou paródico ou humorístico do termo. Ninguém está ali para curtir uma boa perversão. Não. Trata-se de um filme de violento e poderoso amor. É dos mais emocionantes relatos de uma profunda entrega entre dois seres, homos ou héteros. Acaba em tragédia, claro, mas não são “vítimas da sociedade”. Não. Viveram acima de nós todos porque viveram um amor corajosíssimo e profundo. Há qualquer coisa de épico na história, muito mais que romântica. Há um heroísmo épico, grego, como entre Aquiles e Pátroclo na “Ilíada”, algo desse nível. O filme não é importante pela forma, linguagem ou coisas assim. Não. Ele é muito bom por ser uma reflexão sobre a fome que nos move para os outros, sobre a pulsação pura de uma animalidade dominante, que há muito tempo não vemos no cinema e na literatura, nesses tempos de sexo de mercado e de amorezinhos narcisistas.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Avant que j'oublie

Um cemitério. Dois homens de meia-idade estão em frente a um túmulo, de semblante pesado mas sereno, Pierre (magistralmente interpretado pelo próprio realizador Jacques Nolot) é um homem que luta contra a insónia, que oscila entre os medicamentos, o café, os cigarros Está prisioneiro do seu passado e incapaz de lidar com a solidão, esconde-se em casa: o único lugar onde o sofrimento diminui. Perdeu um amigo, que era amante, que lhe deixa uma herança muito pesada. A inspiração escapa-lhe. Vê-se em guerra com a lei, a família, o fantasma da AIDS. Um grande filme lírico e desencantado, um olhar muito cru sobre a vida, o sexo, o desejo, mas ao mesmo tempo uma visão doce e intensa. A errância de um ser que não se consegue encontrar, ajustar à vida mas, ao mesmo tempo, recusa a morte.


 
 
 
 
Link
 
 
http://rapidshare.com/files/373435769/Before_I_Forget.avi.001


http://rapidshare.com/files/373445317/Before_I_Forget.avi.002

http://rapidshare.com/files/373455022/Before_I_Forget.avi.003

http://rapidshare.com/files/373464697/Before_I_Forget.avi.004

http://www.megaupload.com/?d=OTMHPP96
 
LEGENDA PT - http://rapidshare.com/files/374805932/Before_I_Forget.srt

Chuecatown (Boystown)

ictor trabalha numa agência imobiliária no conhecido bairro madrileno Chueca. Ele esconde um terrível segredo: consegue disponibilizar apartamentos para venda matando as proprietárias de idade que aí vivem. Depois, remodela e decora os apartamentos para vendê-los a casais gay com grande poder de compra. O seu objectivo final é transformar a Chueca numa espécie de Soho londrina. A vítima mais recente de Victor surge no apartamento ao lado do de um casal gay, Ray e Leo. Ray herdou o apartamento da vítima e oferece-o de presente a Antonia, sua mãe. Antonia está sempre a intrometer-se na sua relação com Leo, que despreza. A Inspectora Mila, uma mulher excêntrica com muitas fobias, e o seu filho Luís estão a investigar o assassinato, enquanto Victor seduz Leo de forma a ganhar acesso ao apartamento para poder matar Antonia.



Link Rapidshare

http://rapidshare.com/files/214960304/Chuecatown.avi.001

http://rapidshare.com/files/214965220/Chuecatown.avi.002
http://rapidshare.com/files/214970192/Chuecatown.avi.003
http://rapidshare.com/files/214974929/Chuecatown.avi.004
http://rapidshare.com/files/214979736/Chuecatown.avi.005
http://rapidshare.com/files/214988146/Chuecatown.avi.006
http://rapidshare.com/files/214992942/Chuecatown.avi.007
http://rapidshare.com/files/214997629/Chuecatown.avi.008

http://www.megaupload.com/?d=CDR7MUKQ  new link


Legenda PT/BR  http://rapidshare.com/files/374610964/Chuecatown.srt

Redwoods

 Conta a estória de um homem num relacionamento estagnado que se apaixona por um escritor que passa pela sua pequena cidade da Califórnia do Norte.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Link
 
 
http://rapidshare.com/files/337942786/Redw.avi.001


http://rapidshare.com/files/337942788/Redw.avi.002

http://rapidshare.com/files/337957621/Redw.avi.003

http://rapidshare.com/files/337957895/Redw.avi.004

http://rapidshare.com/files/337973030/Redw.avi.005

http://rapidshare.com/files/337973177/Redw.avi.006

http://rapidshare.com/files/337985241/Redw.avi.007

http://rapidshare.com/files/337985400/Redw.avi.008

http://www.megaupload.com/?d=MDE950TE  
 
Sem Legenda

Chuck & Buck

Chuck e Buck foram amigos de infância, mas Chuck se afastou quando tinha 11 anos. Dezesseis anos depois, Chuck (agora Charlie) é um executivo de sucesso da música, mas Buck ainda tem a maturidade emocional de 11 anos de idade. Quando a mãe de Buck morre ele vai atrás de Charlie. Charlie fica envergonhado pela imaturidade emocional de Buck e evita-o. Charlie é forçado a reexaminar sua relação de infância.









Link






http://rapidshare.com/files/373187034/Chuck_and_Buck_2000.avi.002

http://rapidshare.com/files/373201359/Chuck_and_Buck_2000.avi.003

http://rapidshare.com/files/373215506/Chuck_and_Buck_2000.avi.004

http://www.megaupload.com/?d=AS53CU79  new link
 
 
Legenda Espanhol > http://rapidshare.com/files/374438908/Chuck_and_Buck_2000es.srt

James 2008

James resolve dar ouvidos aos seus desejos mais profundos e inicia uma jornada pela descoberta de sua sexualidade.

James has learnt to be withdrawn and secretive in a family with long buried secrets. Lonely and confused, he is drawn to one of his schoolteachers, Mr Sutherland, focusing on him as the one person who might understand his inner turmoil. When an older man approaches him in a public toilet, James panics and calls his mother, but refuses to tell her what happened. Late that night, James listens to his parents arguing about him. His fathers offhanded dismissal of his mothers concern results in a vicious row. When a devastated James turns to Mr Sutherland for help, the teachers response leads James to take an irrevocable step.


 
 
Link
http://rapidshare.com/files/375170293/James.avi  
http://www.megaupload.com/?d=SO7613LU

Sem Legenda

Pomo - curta

Um jovem a procura de sua identidade sexual. Essa busca o leva a uma cartomante, que o aconselha a aceitar as escolhas em sua vida. Mas esse rapaz possui um amor platônico e incompreendido por um desconhecido. Tenta, de todas as formas, criar coragem para aproximar-se e declarar o seu amor antes que uma tragédia aconteça.



Uma produção GANAPATI PICTURES

Atores : RODRIGO LINO, DADO ARAÚJO e JANNE EYRE

Música : BRENO COSTA

Direção ANDREY MELO

(Maceió-AL, setembro de 2009.)



Link

http://www.megaupload.com/?d=R0YAHC72

Naked Lunch - Mistérios e Paixões

Nova York, 1953. Bill Lee (Peter Weller) quer ser escritor, mas ele extermina insetos para pagar suas contas. Bill está tendo problemas no trabalho, correndo o risco inclusive de perder o emprego, pois freqüentemente esgota seu estoque de inseticida. Porém, a verdade é que Joan (Judy Davis), sua esposa, está viciada no "barato" que este pó lhe causa. Quando Bill, estimulado pela mulher, experimenta esta substância ele entra em um processo interminável de "viagens", nas quais máquinas de escrever se transformam em enormes insetos falantes. O filme possui uma leve "pitada" gay.Misterios e Paixões é a adaptação do livro Naked Lunch de William S. Burroughs que se assumiu Homossexual depois da morte acidental da esposa causada por um disparo com arma de fogo e influenciador da Geração Beat.




Link





Amigas de colegio - Fucking amal

Na pequena e entediante cidade Amal, a excluída Agnes (Rebecka Liljeberg) é apaixonada por sua temperamental colega de sala Elin (Alexandra Dahlström) com quem nunca teve amizade ou proximidade. No dia do aniversário de Agnes, Elin acaba por ser a única a comparecer, iniciando assim a descoberta do amor entre as duas.Uma palavra pra definir esse filme seria delicado. A maioria dos filmes com temáticas lésbicas geralmente segue um ritmo mais obscuro, mas Amigas de Colégio mesmo sendo europeu e do final dos anos 90, é um filme meigo à sua forma. Mostra os sentimentos surgindo de forma delicada e frágil, como o coração das adolescentes que dele fazem parte. Adolescência é uma fase de dúvidas e incerteza, nossas protagonistas são acima de tudo meninas indefesas, lidando com suas dúvidas e com seus medos.







Link Legendado


ZMD: Zombies of Mass Destruction

Life is wonderful for the people in the quiet, island town of Port Gamble….until a zombie virus outbreak!

For those of you horror film fans disappointed by recent “gay horror” movies that lack bite, you’ll need to check out this blood, gore and guts-packed zombie movie made with a pro-gay sensibility.

Taking place in the peaceful island town of Port Gamble, Washington, ZMD puts its political agenda up-front and center — with the flesh-eating zombies. Conservative Mayor Burton is facing a challenge from liberal teacher Cheryl Banks. The Reverend Haggis preaches his homophobic rhetoric to a half-empty church. The Iranian-American daughter of the owner of the local diner, Frida, is home from Princeton. Tom and his boyfriend Lance are returning for a visit with mom (with Tom planning to finally come out), but they are interrupted by the small matter of the bite on mom’s neck. The blood and guts start flying fast and furious. Mom becomes a zombie and the two gay men look out the window to see a town being overrun by the gruesome creatures. On the run, the guys end up in the church, locked in with a small group of crazed religious conservatives who bring out their “ex-gay” equipment — it’s either that or out the door to be eaten. Meanwhile, Frida has been taken hostage by an insane bigot who thinks that the zombies are Muslim terrorists, and that Frida is one of them. A political satire in disguise as a zombie movie or a horror film with a conscience? Either way, ZMD is buckets of blood-soaked, left-of-center fun.



Link
 
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370755138/CTG2009.ZMD.part1.rar
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370763461/CTG2009.ZMD.part2.rar
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370764197/CTG2009.ZMD.part3.rar
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370772119/CTG2009.ZMD.part4.rar
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370772845/CTG2009.ZMD.part5.rar
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370780713/CTG2009.ZMD.part6.rar
http://www.rdrct.com/http://rapidshare.com/files/370780638/CTG2009.ZMD.part7.rar
 
Legenda PT/BR
 
http://www.opensubtitles.org/en/search/sublanguageid-pob/idmovie-56564

Km. 0 - Kilometer Zero

Quilômetro Zero é um retrato dos maltratados de Saddam Hussein ao povo curdo no Iraque entre 1988 e 2003. O filme tem como protagonista um jovem soldado curdo que, ao lado de um motorista árabe, escolta o corpo de um camarada morto na guerra. Essa vaiagem cheia de surpresas vai culminar com a celebrada invasão dos EUA e com a derrubada do ditador.


Link

Links Megaupload, filme legendado em PtBR:


1- http://www.megaupload.com/?d=RHTM9BZD

2- http://www.megaupload.com/?d=4YS2JATP

3- http://www.megaupload.com/?d=MF0EZYGB

4- http://www.megaupload.com/?d=ZRS1THQE

5- http://www.megaupload.com/?d=HTOTFK03

6- http://www.megaupload.com/?d=L1KD8MZ7

7- http://www.megaupload.com/?d=ZHZ1Q2PL  

Clapham Junction

Há cerca de quarenta anos o Parlamento Inglês aprovou a lei que descriminaliza as relações homossexuais na Inglaterra. Em julho de 2007 a TV Channel 4em temporada comemorativa de programas atinge o seu pico com Clapham Junctionum drama contemporâneo único que segue as histórias entrelaçadas de vários homens gays. No entantoapesar da aparente aceitação da homossexualidade nessas quatro décadas. Clapham Junction ainda apresenta seus personagens se confrontando com lutas contra a discriminaçãoo preconceito - e até mesmo a violência.

Clapham Junction é um drama britânico único, provocante e poderoso feito para a televisão. Foi escrito pelo aclamado dramaturgo Kevin Elyotsobre as experiências de vários gaysdurante 36 horas em Londrese as conseqüências devastadores quando as suas vidas colidem... Clapham Junction é o nome de uma estação de metrô na zona sul de Londres.



Link

English, without subtitles / Sem legendas


--------------------------------------------------------------------------------

http://rapidshare.com/files/340134502/Clapham_Junction_2007.avi.001 http://rapidshare.com/files/340134507/Clapham_Junction_2007.avi.002
http://rapidshare.com/files/340146044/Clapham_Junction_2007.avi.003
http://rapidshare.com/files/340146042/Clapham_Junction_2007.avi.004
http://rapidshare.com/files/340300809/Clapham_Junction_2007.avi.005
http://rapidshare.com/files/340300905/Clapham_Junction_2007.avi.006
http://rapidshare.com/files/340308695/Clapham_Junction_2007.avi.007


--------------------------------------------------------------------------------

LEGENDADO

Portuguese sub / Com legenda pt_br embutida

Tradução de espantalho

1- http://www.megaupload.com/?d=6G1JQV5V
2- http://www.megaupload.com/?d=TXTQUDFU
3- http://www.megaupload.com/?d=D2K9SX56
4- http://www.megaupload.com/?d=BTW8Y8AG
5- http://www.megaupload.com/?d=78FOWUHX
6- http://www.megaupload.com/?d=P5RZJRAT
7- http://www.megaupload.com/?d=6S3DSE2P


Legenda > http://www.opensubtitles.org/pb/download/sub/3662188

 

En forelskelse (Awakening,Jagten) 2008

Aos 16 anos Carsten começa a namorar Melissa e é apresentado aos pais dela. Num fim de semana, Carsten e o pai de Melissa podem ter mais em comum do que se pensava.

16-year-old Carsten just started dating Melissa. He is introduced to her sweet and likable parents, who kindly welcome their first son in law. On a weekend in their summerhouse it turns out that Carsten and Melissa's dad might have more in common than they first thought.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Links


without subtitles - Filme SEM Legenda!






--------------------------------------------------------------------------------



http://rapidshare.com/files/309931028/Awakening.avi.001

http://rapidshare.com/files/310043704/Awakening.avi.002

http://rapidshare.com/files/310049933/Awakening.avi.003

http://rapidshare.com/files/310060399/Awakening.avi.004

http://rapidshare.com/files/310067337/Awakening.avi.005

--------------------------------------------------------------------------------



Portuguese sub / LEGENDADO Pt_BR - espantalho:

1- http://www.megaupload.com/?d=Q9JDH6PN

2- http://www.megaupload.com/?d=JV6IVNND

3- http://www.megaupload.com/?d=K3NW8JVF

4- http://www.megaupload.com/?d=AVDCDWAX

5- http://www.megaupload.com/?d=NT7YQOLU

--------------------------------------------------------------------------------

Subtitles:


http://www.opensubtitles.org/pb/download/sub/3664011







quinta-feira, 8 de abril de 2010

Novas Parcerias 2010

Fala Galerinha,

Estamos Buscando Novos Colaboradores para nos ajudar a manter o Moviesmixg no AR, a todo vapor, com atualizações diárias ou sempre que possível, Links de Filmes,respondendo a duvidas dos amigos e etc..


Se você tem interesse envie um email para mim, com Nome, idade e Cidade onde reside.

Email : moviesmixg@gmail.com

 
Thiago

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Cowboy

Trabalhando para uma agência imobiliária, Christian viaja para o campo a procura de terras para comprar. Em uma vila, aparentemente deserta, ele encontra algo mais: Um jovem rapaz arrumando uma grande ceifadeira. O seu confronto se torna cada vez mais agressivo com o passar da tarde, e quando a noite cai é perseguido por ele com segundas intenções. Mas o misterioso rapaz tem algo mais a esconder…











Link




http://rapidshare.com/files/371890737/Cowboy_2008.avi.001

http://rapidshare.com/files/371898943/Cowboy_2008.avi.002

http://rapidshare.com/files/371916394/Cowboy_2008.avi.003

Legenda >>> http://rapidshare.com/files/371701881/Cowboy_2008.srt

Amsterdam 2009

Um casal norte-americano rico, uma família de criminosos holandeses, um casal francês gay, uma família de classe operária da Alemanha e jovens marroquinos ilegais, estão todos em Amsterdam, cada um com sua própria estória. Diferentes razões nas suas trajetórias se entrelaçam, levando a um clímax dramático que muda suas vidas para sempre.












Link


http://rapidshare.com/files/371174260/Amsterdam_2008.avi.001


http://rapidshare.com/files/371182573/Amsterdam_2008.avi.002

http://rapidshare.com/files/371190620/Amsterdam_2008.avi.003

http://rapidshare.com/files/371199277/Amsterdam_2008.avi.004

592x320 701MB 85min

Nine Dead Gay Guys

Dois rapazes de Belfast, Kenny (Glenn Mulhern) e Byron (Brendan Mackey), iniciam uma viagem de descoberta através da cena gay escandalosa de Londres, com a intenção de encontrar a sua fortuna. Eles estão à procura por aquilo que vagamente é usado pelo termo 'affair remunerado; ou seja, transformando em michês de homens importantes.
Uns prostitutos palacianos. No entanto, quando Kenny tem a sua primeira experiência com um rapaz polonês, Jeff (Steven Berkoff), ele é forçado a admitir que ele não é, evidentemente um profissional. A montanha-russa de acontecimentos extraordinários e personagens mediante uma odisséia para encontrar o lendário "pão na cama,"será uma saga. Infelizmente, o beijo da morte parece estar a seguir para esse par na sua aventura.

Os Deputados que entram em contato com eles parecem estar caindo como moscas. Sexo é possível sem dinheiro? Existe tal coisa como amor? Pois bem, estas são as questões nossos heróis improváveis irão descobrir confrontados com eles próprios.


Link Rapidshare
Legenda

Un Fils

O belo Selim leva uma vida dupla – à noite faz michê com sua amiga Louise em clubes parisienses e nos fins de semana visita seu pai. Sua relação com o pai é calcada em mentiras e segredos. O filho se preocupa. O pai suspeita. Mas cada pequeno ato de compaixão é seguido por rejeição. Quando Selim traz para casa dinheiro para a operação do pai, o resultado está longe de ser a reconciliação que ele tanto esperava. Eis que uma grande tragédia acontece em suas vidas. Resta a eles o arrependimento por terem aceitado a fria paisagem.



Link


http://rapidshare.com/files/371264187/Un_Fils.avi.001
http://rapidshare.com/files/371274145/Un_Fils.avi.002
http://rapidshare.com/files/371283846/Un_Fils.avi.003
http://rapidshare.com/files/371292550/Un_Fils.avi.004
http://www.megaupload.com/?d=X6YPTY0O


Legenda PT/BR
http://rapidshare.com/files/372802473/Un_Fils.srt

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Ser Gay e Cristão É Possível

Texto Retirado dao site Mundo Mais

CURITIBA – Escrevo, pois certamente há, nesse momento, muitos homossexuais que sofrem por crer em um Deus que os condena ao inferno. Experienciam a tristeza da rejeição, a culpa, o medo, a frustração, a vergonha e a dor que, afirmo-lhes, não deveriam estar relacionados a Deus, e, sim, a consequências de uma sociedade opressora que ergue a Bíblia dizendo inverdades em nome de Deus, somente para encontrar ou fabricar apoio espiritual para fundamentar seus próprios pré-conceitos ou desconforto diante do medo de algo que desconhecem.

As consequências de uma cultura opressora, cuja restrição se revela na recusa de permitir que um homem ame outro homem ou uma mulher ame outra mulher, mostram-se desastrosas na mente dos homossexuais. Para muitos adolescentes homossexuais, não há nada em suas vidas capaz de fazê-los se sentirem íntegros.

Contudo, é certo que, para Jesus, não havia diferença entre seu povo, todos mereciam igual tratamento, sendo a “diferença humana” tratada como uma construção da criação divina. Vemos em Gálatas 3:28: "Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus".

Sem referência – Assim, para entendermos melhor a indiferença de Jesus no que diz respeito a este assunto, basta procurar no Novo Testamento alguma citação, onde ele expressa sua indignação em relação à homossexualidade. Certamente não encontraremos. Mas por quê? Simplesmente porque para Jesus, a homossexualidade e os atos homossexuais estáveis – assim como os atos heterossexuais duráveis –, não eram tema de discussão, tanto que não mereceram ser mencionados.

Jesus Cristo, vindo a este mundo para nos salvar por meio do sacrifício e não da misericórdia, tornou-se, assim, o elo entre a criação e o Deus do Velho Testamento que, a partir desse momento, tornam-se por meio do mediador (Jesus), unidos em amor. Notemos em Efésios 2:12: "Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo"; (Efésios 2:13) "Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto"; (Efésios 2:14) "Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio".

Fundamentalismo – Portanto, é impressionante como Jesus nos vê de forma diferente do que o fundamentalismo religioso insiste em afirmar, ao contrário do que a sociedade – ao segregar um indivíduo –, persiste em fazer conosco. Para Jesus – que se revela o próprio Deus –, o que importa, realmente, é o que somos. Paulo, ao expressar: “Sou o que sou pela graça de Deus, e a sua graça para comigo não foi em vão” (I Coríntios 15:10), sendo feliz no que afirmava, passou a imagem correta de que somente através da Graça, e não por nosso próprio esforço, estamos com Cristo, somos feitos com um propósito, portanto, devemos acreditar no seu amor para conosco, viver uma vida justa e reta perante de Deus e se apegar somente a ele, crendo em sua breve volta.

Livre da opressão – Dessa maneira, Jesus nos traz boas novas, sendo sua vontade a de que nós, seus filhos, sejamos livres da opressão e da injustiça. Para ele, nós não devemos viver o tormento da alma, praticando algo imposto pela sociedade e que não fora planejado para a nossa vida, pois nos conhece desde antes de sermos formados e sabe a forma exata como fomos criados: "Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia" (Salmos 139:16).

Então, dessa maneira, acreditemos e sejamos cristãos de verdade, e não meramente religiosos. O cristianismo tem como essência o amor, capaz de ultrapassar os preconceitos, de transcender a própria existência, para tão somente conseguir enxergar um indivíduo na sua forma mais plena de ser e despender a compaixão. Chamar uma pessoa hétero ou homossexual é apenas se referir ao modo pelo qual ela foi criada para amar. Portanto, peça a orientação de Deus - através da oração -, para que suas atitudes estejam de acordo com a vontade dele e que alegrem o coração do Criador.