quinta-feira, 5 de maio de 2011

Finalmente, Boas Notícias





Adoção e família gay (Capa do filme Patrick 1,5 )


 Eu realmente estava cansado de assistir aos jornais e de ler notícias falando sobre agressões a homossexuais. Aquela onda de más notícias me fazia respirar fundo e hoje, finalmente, lemos boas notas. Notícias estas que se tornaram um registro histórico do que ocorreu hoje em nosso país. Felicitemo-nos!

Clique na imagem para abrir a notícia:
















 



Mas, claro, ainda há aqueles que, em nome da "Família", agem com a caridade pregada por cristo que consiste em apontar o dedo, julgar e dizer como o outro deve se comportar (Ironia: ON).



(Ironia: AINDA ON) Por falar em homens e mulheres que geram filhos, ainda não engoli o fato de que há mães que jogam seus filhos em caçambas de entulho e em lixos de banheiro. Sim: Gerar filhos é o mais importante. Criar, nem tanto. Há muitas caçambas por aí, sempre disponíveis, não é?

(Ironia: OFF ) Mas estes fatos tristes e a intolerância são a menosparte hoje. Estou feliz com o ocorrido, com as boas notícias e espero que haja mais amor. Como vemos escrito em alguns muros por aí: "Mais amor, por favor". O necessário progresso ocorrerá, mais cedo ou mais tarde. Estamos preparados.


 

6 comentários:

Hugo de Oliveira disse...

O amor venceu...isso é o importante!

Ricardo Dmarq disse...

Ja estava na hora chega de tanta impunidade bjos

sartre disse...

comemoremos, mas não baixemos a guarda ainda há muito pra ser conquistado!

Trama disse...

Um grande abraço e felicitações de Portugal. A luta é alegria!

Anônimo disse...

Primeiro passo para mostrar que o amor sempre vence!

Anônimo disse...

É lamentável eles lutarem pela família ao passo que condenam a homoafetividade.Pergunto-me hodiernamente: será que sou um monstro sem família? Amo a minha mãe, amo meus irmão, sou gay e não destruí a minha famíla. Amo outro homem, e ainda assim não destruí família alguma. Respeito as diferenças e é assim que tem que ser todos diferentes e tolerantes.Deus, não matarei eu teu nome.