quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Oração pela Família Gay - 2º Lugar no Show Do Gongo 2011

Olá, pessoal.


Não estive aqui antes para divulgar o vídeo que lançamos no Show do Gongo hoje, mas venho para trazer o próprio, agora no Youtube.

Mais uma vez, o Show do Gongo coloca o vídeo 'engraçadinho' na frente porque, claro, 'gay' é pra fazer rir mesmo. Façamos! Vamos morrer de rir.

Tenho muito orgulho do trabalho que fizemos e lamento demais pela hipocrisia que nos cerca a todo momento.

Deixo meu agradecimento ao Wallace, que acreditou na idéia e criou algo ímpar. Nosso Cookie Brilha no Escuro.

Abençoa, Senhor, aqueles que acreditam num mundo mais crítico. Talvez estes são os que estão mais equivocados, não é? Abençoa, Senhor!

Não divulgue este vídeo se você também acredita que o mais importante é que tenhamos sempre essa "característica de fazer piada com nossos próprios defeitos". Foi isso o que disse alguém que defendeu o vídeo ganhador do primeiro lugar.

Rir dos próprios defeitos é bom, mas espere aí, ser gay é um defeito? Devemos mesmo rir disso e fazer com que as pessoas achem graça?

Abençoa, Senhor.




2 comentários:

Alan Oliveira disse...

Tenho orgulho de ter gasto 5 minutos da minha vida vendo esse vídeo. Vídeos podres que entram na seleção do show do gongo, dito de curiosos e gente que quer aparecer bem na fita merecem, de longe, serem respeitosamente gongados. Afinal, esse é o intuito do show. Agora esse vídeo da família é espetacular! Queridos relizadores, parabéns pelo esforço. Trabalho com cinema e sei que visões como essa não se destacam nos meios midiáticos justamente porque mexem com o que ninguém quer lidar: a verdade! O mais impressionante é que nós, homosexuais, deveríamos abraçar isso com toda força. Pelo contrário, preferimos rir de nós mesmos, enquanto morremos a pau e pedra. Continuem realizando vídeos, se esse for o intuito. Mas acima de tudo, continuem nesse viés da revolução. Vcs ganharam o respeito de todas as pessoas lúcidas que captarem a mensagem desse vídeo. Saibam que isso vale muito mais que um "primeiro lugar".

Luck® disse...

Eu não vi nada do Show do Gongo nos últimos anos.

O humor não se encerra em risada. Parece fácil concordar, mas se a gente para e repara, vê que é raro aqueles que demandam mais que isso.

O curta não dá espeço apenas pro humor tolo; Ele não está isolado.

No riso, cabem até situações limites. Aliás, já presenciei estados de desespero em que a pessoa sofre um ataque de risos.

De alguma forma, este vídeo traz essa pluralidade concomitante.

Os sentimentos têm de captar essa dupla ordem, pois o filme apresenta essa linha tênue, incerta, entre o que é ironizado, se tornando engraçado e a possibilidade daquilo que é reforçado no meio social atingir a gente na realidade, no dia-a-dia.

A gente ri do ridículo que é a crença daqueles que, no entanto, podem fazer a gente sofrer. Então é isso: a gente vai se divertir, mas não vai esquecer que esses estúpidos estão aí, fazendo desserviço aos LGBTs.